logo primecont

Sociedade: quando é vantajoso para minha empresa?

Sociedade: quando é vantajoso para minha empresa?

É comum, ao abrir uma empresa, estruturar todos os pontos para o funcionamento do empreendimento e definir metas para o negócio, mas além disso outra dúvida muito frequente surge: devo ou não ter um sócio em minha empresa?

Para abrir uma Micro Empresa (ME) ou uma Empresa de Pequeno Porte (EPP), é necessário uma série de análises para ver a viabilidade do empreendimento, como habilidade na área escolhida, a necessidade de funcionários fixos ou terceirização de serviço, mas, ao iniciar a abertura de um empreendimento a maior dúvida é: vou abrir minha empresa sozinho ou terei um sócio? Para saber se a sociedade vale a pena, confira o post a seguir.

Por que ter um sócio?

O principal motivo para se procurar um sócio é, normalmente, a questão financeira. É comum algumas pessoas terem o perfil empresarial mas não ter o capital necessário para iniciar um negócio, assim como há também pessoas com o recurso financeiro mas sem nenhuma experiência na área. Um sociedade pode contribuir e aliviar essas questões.

À primeira vista, parece tudo incrível, não é? Mas, antes de começar é preciso estudar a questão da sociedade a fundo, analisando, também, suas desvantagens – acredite, existem!

Vantagens

Todo empreendimento novo tem suas vantagens e desvantagens, assim como a parceria que pode ser formada para dar o pontapé inicial no projeto. Listamos algumas vantagens e desvantagens que podem acontecer:

Duas cabeças pensam melhor

Nem sempre a divergência de ideias entre duas pessoa pode ser contada como algo ruim no negócio. Contar com um sócio para estabelecer metas, objetivos e tomar decisões pode facilitar o avanço do empreendimento e possibilitar assim o crescimento da empresa, afinal toda ideia é contada como soma

Apoio para que a empresa cresça

Ter um sócio atuando ao seu lado é poder contar com o suporte necessário para enfrentar qualquer dificuldade que possa surgir. Qualquer apoio é mais um ponto a favor para o sucesso do empreendimento

Menor ameaça financeira

Nunca é aconselhado investir todo o seu capital na criação de uma nova empresa, mas, retirar todo plano de negócio do papel exigem custos altos, aí surge mais uma vantagem do sócio para sua empresa. Com o apoio financeiro ninguém precisa aplicar todo o seu capital na empresa e assim, seria mais fácil para o administrador.

Como em todo negócio é comum acontecer desentendimentos, afinal nem tudo são flores, apresentamos também, as desvantagens de se ter um sócio.

Desvantagens

Trabalho X Pessoal

Alguns vínculos pessoais não são fáceis, assim como vínculos empregatícios. Quando o trabalho passa para o lado pessoal ou vice e versa, pode refletir negativamente na sociedade.

Devemos crescer?

A divergência de ideias é um dos problemas mais frequentes em empresas, com o surgimento de um desacordo de ideias, podem acontecer entre os sócios, o desgaste da relação - e assim ocorre o rompimento da sociedade.

Divisão dos lucros

Para algumas pessoas, a ideia de dividir os lucros do negócio com outra pessoa não parece o melhor. Se existe a possibilidade de ser uma delas, é melhor empreender sozinho, afinal “dividir para conquistar” não é para todo mundo.

Encerrando a parceria

A união empresarial é que nem casamento! Encerrar a parceria, mesmo com ambos os lados de acordo, pode não ser tão simples e ter um enorme desgaste.

Ainda devo pensar em ter um sócio?

Não existe uma resposta clara e direta para essa pergunta, o empresário deverá, de acordo com a análise do seu negócio, decidir se a parceria será bem vinda ou não.
Entretanto, existem situações clara e visíveis de que o negócio se beneficiaria de uma sociedade.

  • Quando um dos sócios possui o perfil administrador mas não tem conhecimento técnico da área em que irá iniciar o negócio, o ideal é que exista uma pessoa com o conhecimento empresarial e assim, poderá atuar na parte de business e de adequação ao mercado.
  • Empreendedor de primeira viagem? Uma parceria com alguém mais experiente, que entende melhor o mercado, tem muito a agregar. Você terá muito a aprender com uma pessoa que tem mais anos de mercado!
  • Você tem uma ideia brilhante, mas não tem dinheiro para tirá-la do papel? Não pode ou não quer fazer um empréstimo? A sociedade provavelmente é a melhor saída para você. Encontre alguém que acredite na sua ideia e tenha o valor que falta para colocá-la em prática.

É importante ter um sócio que esteja alinhado com os seus objetivos. Principalmente deve estar de acordo com o crescimento da empresa. Via de regra, especialistas dizem que todas as sociedades são benéficas. Cabe a você estudar as especificidades do negócio, bem como seus pontos fortes e suas limitações enquanto profissional. Algo recomendável, também, é buscar uma terceira opinião antes de tomar qualquer decisão, um suporte jurídico e contábil, por exemplo, pode te dar os elementos necessários para uma escolha mais segura e convicta.

O que achou das nossas dicas? Curta, compartilhe e deixe sua sugestão ou comentário. E não se esqueça de assinar a nossa newsletter, seu feedback é muito importante para nós. Até a próxima!

Tem dúvidas sobre contabilidade?

logo primecont

63 3028-3477

205 Sul, Av. LO 05, Lote 30-A, Palmas - Tocantins